Mais algumas ponderações minhas antes dos Vinte e Cinco anos.

Se você pudesse voltar ao tempo, qual época seria? Seriam muitas épocas. Voltaria aos cinco/seis anos de idade para poder falar a minha primeira psicóloga que algo na escolinha nova não ia nada bem. Das muitas opções, eu mudaria de sala (o que eu não creio que modificaria algo) ou sairia da escola. Seria mais […]

Algumas ponderações minhas antes dos Vinte e cinco anos.

Quando você tinha cinco anos, o que você pensava em ser ao chegar na fase adulta? Eu sonhava em ser atriz. Uma glamurosa atriz, daquelas que desfilam pelo tapete vermelho. Eu tinha microfone, dava entrevistas, apresentava programas estilo Angélica, Eliana, Mariane e Mara Maravilha. Porém, meus pais nunca gostaram da ideia de estar no meio […]

Perdição.

Fonte: http://weheartit.com/entry/64635978 Maquiagem é a minha perdição. Eu tenho de me controlar absurdamente para não sair comprando tudo. Sabe criança em lojas de brinquedos e doces?! Sou eu em lojas de maquiagem. Entretanto, eu admito que quando vejo uma quantidade enorme de maquiagens, eu fico “meio assim” … enojada. É! Enojada. Sei lá, acho exagero […]

Dilemas de Amanda.

Fonte: http://weheartit.com/entry/62402083 O meu corpo e meus desejos não estão em sintonia. Eu tô louca de vontade de comer batatas-fritas, mas meu fígado responde nem pensar! Se como um tantico a mais do que eu atualmente estou comendo, meu trato digestivo entra em erupção! Por causa do remédio de Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG), eu […]

Surpresa.

Fonte: http://weheartit.com/entry/63544580 Esta frase resume muito do que eu estou sentindo no momento. Estou surpresa. Realmente surpresa. Eu convivi com vc quatro anos e parecia conhecê-la, eu estava errada. Eu não sei absolutamente nada sobre vc. Eu não a conheci mesmo. Achei que vc era mais… Sei lá, mais confiante. Sempre a considerei como uma […]

Estou de mimimi.

Fonte: http://weheartit.com/entry/59448804 Estou de mimimi. Poxa! Às vezes eu tenho a impressão de ser ignorada. E isso dói. Eu quase não compartilho minhas coisas, e quando eu finalmente faço isso, tenho a sensação de que não interessa a ninguém. Mas, vc quer saber?! É possível que não, mas, escreverei assim mesmo. Estou acostumada. Que coisa! […]