Estou de mimimi.

image

Fonte: http://weheartit.com/entry/59448804

Estou de mimimi. Poxa! Às vezes eu tenho a impressão de ser ignorada. E isso dói. Eu quase não compartilho minhas coisas, e quando eu finalmente faço isso, tenho a sensação de que não interessa a ninguém. Mas, vc quer saber?! É possível que não, mas, escreverei assim mesmo. Estou acostumada. Que coisa! É! Estou de mimimi, estou um tantico carente. Tá certo que eu me coloquei dentro de um bolha, mas quando resolvo sair… Dá vontade de entrar de novo. Que coisa!

Posted from WordPress for Android

Anúncios

42.

image

Fonte: http://weheartit.com/entry/10140038

Ok. Por onde eu começo? Ok. Hoje é o dia do orgulho nerd. O que antes era algo pejorativo, estranho, agora é motivo de orgulho. Ser nerd é ser super legal, certo? Vamos por partes.
Imagine vc, uma pessoa estudiosa que tira boas notas na escola ou na facul sempre ou quase sempre. Vc se taxaria de nerd? Vc, de vez em quando, joga um pouco de video game para relaxar em casa. Vc se taxaria de nerd? Vc gosta muito de ler quadrinhos e assistir Game of Thrones. Vc se taxaria de nerd?
Se vc respondeu SIM! Ótimo! Aproveite o dia com sua toalha e lembre-se: não entre em pânico! Se vc respondeu NÃO! QUE NADA A HAVER! Então, o que seriam estas atividades para vc? Prazer e responsabilidade? Bom, para mim estas atividades são; exceto para o Game of Thrones, pq não ligo para a série. Eu gosto bastante de quadrinhos, mas eu não expert no assunto. Eu era muito estudiosa na escola e na facul, mas nem sempre tirava notas altas. Eu gosto de jogos, mas quase nunca jogo porque eu não tenho. Só que eu era taxada pelos outros de nerd. E como venho da “escola antiga”, ou melhor, old school, ser chamado de nerd não era algo bom. Nerd era o sinônimo de “esquisitão” ou “esquisitona”. E isso piorava quando vc é introspectiva. E eu sou bastante! Nossa! Eu cheguei ao ápice da esquisitice!
Enfim, e hoje?! Acredite se quiser, ainda o nerd é pejorativo. Quantas vezes vc não ouviu, “Fulana tirou dez na prova! Ela muito é nerd”. Ahn?! O que isso quer dizer? Que só porque a fulana tirou dez na prova e estudou muito ou quase nada, porque tem um cérebro privelegiado, ela não tem uma vida? Já ouvi tantas vezes isso… Ou “Beltrano está lendo uma revista em quadrinhos. Nossa! Que nerd!” Quantas vezes eu apareci na escola lendo um quadrinho ou mangá, eu vi olhares de reprovação… Quantas vezes eu queria compartilhar alguma curiosidade e vi olhares de “como ela é esquisita“. Quantas vezes eu vi os mesmos olhares para outras pessoas… Acredite, por mais que se diga atualmente “nerd é super legal!“, ainda há preconceito. E eu nunca gostei disso.
Quer saber de uma coisa?! Se eu dissesse como eu sou e do que eu gosto para um cara que se considera um nerd, um verdadeiro nerd, ele diria que eu compartilho algumas coisas, mas que eu não sou nerd. E mais uma coisa, só eles sabem o que é ser nerd.

Ps: O título do post faz referência a um dos trechos do livro Guia do Mochileiro das Galáxias, considerado como um dos ícones nerd.

Posted from WordPress for Android

Não sou IT e nem TOP. Sou uma menina qualquer.

image

Fonte: http://weheartit.com/entry/62204141/via/camillionare

Há algumas semanas, eu assisti muitos videos em que meninas mostravam sua rotina de preparação para ir em algum lugar. E o que eu reparei é que eu não demonstro nenhuma preocupação com o modelito que irei usar. Pego a primeira roupa pela frente, ponho um brinco que não me dê alergia, um anel no lado direito, outro no esquerdo e ambos muito simples. E só. Eu já tentei me enfeitar mais, ser mais vaidosa, mas não deu. Não me visto mal, mas eu não me importo. É mentira, eu me importo sim, só que na mente ansiosa e pertubada que eu possuo, eu penso que nada que eu vestir, usar, etc, etc, etc, eu estarei bonita ou elegante. Sempre haverá outros melhores. Acho que já falei sobre isso. Eu vi uma foto em que menina usava camisa branca, jeans, bolsa preta e estava bonita. Esqueci! Ela era loira, já chama atenção assim mesmo.

Posted from WordPress for Android

Paz.

image

Fonte: http://weheartit.com/entry/61896061/via/haleproud

Será que há um lugar pacífico? Um lugar onde não haja críticas e nem condenações?
Ninguém para dizer: vc está errada! Vc é culpada!
Ninguém para dizer: vc não presta! Vc não faz nada direito!
Será que há um lugar que não haja preocupações? Será que há um lugar que haja a paz?

Posted from WordPress for Android

Eu realmente não estou dando a mínima.

image

Fonte: http://weheartit.com/entry/61584777/via/isdontknow

Pode me chamar de ignorante, pode me chamar de má, pode me chamar de frívola, etc. Mas, hoje eu não estou dando a mínima. Não estou! Pois é! Já que não chegamos nunca a lugar nenhum é melhor a gente não conversar. Só não entendo a sua insistência. Essa maldita insistência em querer conversar, quando não estou apta a ouvir e nem falar. Você falou algo? Que pena… não ouvi! E eu não vou e nem irei ouvir. Pode gritar, pode espernear, pode ameaçar que estou nem aí!

Posted from WordPress for Android

Mamãeziiiiiiinhaaaaa… Querida.

large-3;

Fonte: http:// http://www.weheartit.com/entry/61219946/via/Sandrrra

Mamãeziiiiiiinha… querida. Sim. Eu estou a sacaneando de novo!  Queria um post diferente dos outros para as mamães. Bem, como vc me conhece bem, vc sabe que normalmente quando ligo em situações desesperadoras, eu estou realmente desesperada! O lema não é muito apropriado para mim. Vc sempre me diz: Porque eu sou mãe! Então, realmente eu não a entendo certas coisas que vc faz ou aguenta. Sério! É Pra lá de esquisito e misterioso! Uau! Será que eu serei misteriosa como vc?! Quando for mãe, claro! Bem mamãe, feliz dia das mães! E muito obrigada por vc  me aturar e me amar incondicionalmente! Mesmo com erros de português.

Eu não sou consumista, mas…

large

http://www.bobsmade.com

Eu tenho de admitir que não resisto a liquidações e promoções. Algumas semanas atrás, eu, minha mãe e minha irmã fomos ao shopping para passear e vimos que a loja de lingerie estava em liquidação, então… compramos e experimentamos muitos soutiens e calcinhas. E o melhor! Tudo coisa de boa qualidade e por uma pechincha! Ontem, recebi um e-mail promocional de uma loja de cosméticos que oferecia um cupom de 50% de desconto para a paleta que queria um bocado de tempo. Conversei com minha mamãe, se valeria a pena gastar um pouquinho, pq mesmo com desconto ainda sairia caro. E eu reluto um pouco em gastar muito dinheiro. No fim, comprei a paleta de sombras que queria. Hoje, na loja de roupas onde compramos o presente de dia das mães para minha vovó, eu vi uma camisa que  entrou na arara de promoção. Advinhe, eu comprei a camisa. Ai ai…

Bem.

large-2

Fonte: http://hidingmyheartttt.tumblr.com/post/49536598572

Esta imagem resume tudo o que eu escondi através dos anos. Todos os sentimentos negativos atrás de uma única palavra.“Bem!” Quando a dizia, tudo o que eu não queria era que a outra pessoa com quem convivia e (convivo) se preocupasse comigo. Além disso, vivemos numa sociedade em que estar bem é obrigatório, nem que para isso precisamos fingir nossos sentimentos. Sabe, a verdade é quando não estamos bem nós repelimos qualquer tipo de pessoa ou ajuda, é como se não estar bem é culpa de nossa incompentência de achar a felicidade. 

Being Amanda (cabelos)

543970_414417598643089_1740037873_n_large

Eu sou a pessoa mais desencada para cabelos. Não que eu os trate, eu trato sim, no entanto, não sou uma pessoa que pensa no penteado do dia. Em efeito, eu não tenho muita criatividade para arrumá-lo e tampouco coordenação motora para um super hiper mega penteado estiloso. Já que eu não tenho muita imaginação, eu opto pelo mais prático e rápido: o coque. Eu pego o cabelo, puxo para trás como se fizesse um rabo de cavalo e prendo com um (óbvio) prendedor de cabelo. Simples assim, nada muito de Uau! Que pentado incrível! A minha noção de penteados incríveis é a mesma noção para com as roupas que é nenhuma. A minha vontade de arrumar o cabelo e usar roupas mais estilosas ultimamente está muito baixa. Quanto mais simples e aceitável para os padrões, perfeito! Então, pijamas e coque são a combinação perfeita!

Atualizando meu pensamento:
Eu até que ultimamente estou usando menos os coques. Às vezes deixo o meu cabelo solto ou uso-o com rabo de cavalo. Tentei uma vez fazer um penteado, mas ninguém de casa gostou muito. :-/