Sexta-feira é igual a descanso. Principalmente a noite.

Tumblr_lz0e7byipu1qbvyrlo1_500_large

Fonte: http://weheartit.com/entry/24711633/via/blueberrysdoughnuts

Eu não sei quanto a vc, mas para mim sexta-feira sempre será sinônimo de descanso e fazer as coisas com mais lentidão. “Deixa disso!”; “Relaxa”´; “Segunda, eu começo” são palavras típicas da sexta.

Mas, eu devo admitir que nem todas as minhas sextas-feiras, eu descansava. Bom, como reles mortal, eu estudava durante o dia (outras pessoas trabalham). E somente a noite que eu não fazia nada a não ser assistir televisão ou fazer algo mais divertido ou sair para comer algo com meus pais e minha irmã.

A Sexta-feira à noite é sagrada para mim. Preferiria muitas vezes estudar no sábado de manhã para uma prova na segunda-feira do que fazer o mesmo na sexta à noite. Entretanto, nem sempre foi assim, já fui obrigada inúmeras vezes a realizar trabalhos acadêmicos e estudar para provas que seriam aplicadas no sábado. Acontecimentos “sacrilégicos” cometidos contra a minha sagrada sexta-feira à noite, porém, necessários. Precisava de nota, gente! E cá entre nós, não é o fim da picada ter provas no sábado de manhã, quando o que você mais quer é a esticadinha do sono?!

Também já houve uma época que eu odiava a sexta-feira, pelo menos durante o dia.

(Barulho de freada brusca) “Como assim, você odiava a sexta-feira? Com certeza, Arnaldo não permite, porque a regra é clara!”

Pois bem, quando eu comecei o meu cursinho preparatório a carreira diplomática em 2010, as aulas que eu assistia eram (quase) de segunda à sexta, exceto de quinta. Todos os dias que eu ia para o cursinho eram puxados, pois eu acordava cedo para viajar até o local do cursinho e assistir as aulas. No entanto, havia dois dias que eram mais puxados: A quarta-feira e a sexta-feira. Na quarta-feira, eu tinha aula de manhã e a tarde, consequentemente, eu voltava tarde para casa. Já na dita cuja, sexta-feira, eu acordava mais cedo do que nos outros dias porque uma das aulas começava mais cedo. E a aula seguinte nunca terminava no horário previsto. Sempre atrasava, aí… às vezes não conseguia a passagem para o horário que eu queria; eu tinha de esperar às vezes uma hora e meia para conseguir outra (como é sexta-feira, muitas pessoas viajam e piora em situação de véspera de feriado prolongado). Às vezes, eu pegava aquele engarrafamento na estrada. Eu acordava cedíssimo (umas quatro horas da matina, sabe como é), saía cedíssimo e voltava tardialíssimo. Então, o meu nível de estresse aumentava consideravelmente nas sextas-feiras durante o período diurno.

Mas, não se preocupe, eu já voltei a amá-la, como na música do grupo inglês The Cure que ilustra o post de hoje. Isto, apenas foi um sentimento passageiro.

Anúncios

2 opiniões sobre “Sexta-feira é igual a descanso. Principalmente a noite.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s