A crazy little thing called "Family".

Toronto_521

Foto: Cedida gentilmente pela Giovana Trandafilov.

Peguei o título da famosa música A crazy little thing called love e criei este que está no título do post. Ambos estão relacionados, amor e família.

Toronto_254

Sempre escutamos que não escolhemos nossas famílias. É… é verdade, algo nos planos de alguém muito esperto (Eu digo DEUS, não sei você que está lendo como chama isto) põe no nosso caminho pessoas que nos fazem nos sentir em casa, mesmo não vivendo sob o mesmo teto.

Geraldine_carolina_fumiko_olga_kira_eu_e_janett

Ok, até podemos viver na mesma casa, mas o que eu gostaria de explicar é que existem famílias que são formadas e sua duração é tão breve. Mas, mesmo assim ainda é uma família. 

Toronto_515

Foto: Cedida gentilmente pelo Ciro Conte.

Confuso não?! Eu sei que está, no entanto, eu sempre fui péssima para descrever sentimentos. E a família é isso, sentimentos. Na nossa família tradicional, aquela que há pais e filhos, existe amor, existe raiva, existe compreensão, existe discórdia, existe perdão. E é essa família que nos faz querer voltar para casa, nos sentir em casa sem razão alguma do porquê (filosófico não?!). É algo inexplicável.

Dsc09132

Foto: Cedida gentilmente pela Camila Abolis.

Nesta família breve existem os mesmos sentimentos da família tradicional. Por um curto período de tempo, esta família cuida, ajuda, dá bronca, ama do mesmo jeito que a outra, a tradicional. E sem explicação, nós nos sentimos em casa também.

P3130151

Eu achava que as famílias temporárias eram criadas por nós, mas vejo o quanto estou enganada. Elas também não são escolhidas por nós, elas são formadas é verdade, mas não temos domínio algum para escolher as pessoas para ser ingressa na família que queremos ter. Elas simplesmente aparecem na nossa vida e já é formada. Rápido assim! Sem pedir permissão para entrar na sua vida e deixar uma marca muito grande. A diferença desta família com a outra é que nós sabemos que um dia, a família não existirá mais e sua convivência será perdida. E esta é a parte que dói muito, porque a saudade é muito grande. Ela é insuportável! 

Isto é a família, algo irracional, louco, mas impossível não amar (quando há o amor).  

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s