Lembranças de uma pessoa irritada.

799883758

Fonte: http://doraapateta.blogspot.com.br/2009/12/hoje-estou-irritada.html

Eu não sou muito respondona com as pessoas…Bem, eu agora estou mais respondona quando acontece algo comigo que me desagrada. Antes, eu era muito bobona. Acho que fiquei mais esperta quando morei no Canadá e conheci a minha “irmã” de intercâmbio. Cara, quando algo a desagradava, ela partia para briga. A convivência com ela me fez ser mais esperta. Voltei um pouco diferente de lá.
Enfim, estava lendo o feed de notícias do Facebook, e li um desabafo de uma amiga minha sobre o péssimo profissionalismo de um funcionário. Ao lê-lo, me lembrou o dia que briguei com o dono da fotocopiadora com serviço “mais do que malfeito” na faculdade. Sério, quase tive de acionar um advogado para utilizar o serviço. A história é a seguinte (estou inspirada para contar histórias): Precisava entregar um trabalho que era a minha prova na faculdade e tinha que imprimir. Fui configurar o trabalho na sala de informática, terminei e direto para a fotocopiadora. Mandei imprimir, paguei e…a surpresa! O trabalho estava todo desconfigurado, borrado, uma coisa impossível de entregar ao professor. Reclamei e o dono me deu ombros! Voltei a sala de informática, configurei e mandei imprimir. Peguei o trabalho e fui. Aí o cara, me mandou pagar de novo. Não! Já paguei! Não quero o primeiro impresso. Foram estas exatas palavras. O cara queria que eu pagasse pela impressão, e eu recusava. Fui até a diretoria da Faculdade e reclamei. Disseram que iriam resolver, demorou, mas resolveram. Até mesmo porque, eles também fizeram um péssimo para o vestibular da facul. É vcs leram bem. A prova de vestibular estava praticamente ilegível. Estava igual ao meu trabalho. No fim, não paguei e usei o serviço normalmente.
Resumi, apesar de não parecer, a história. A lição é que se não tivesse a convivência, ou melhor, se não caisse na real e continuasse sentindo pena das pessoas, elas continuariam a pisar em mim. Coisas que meus pais sempre me diziam e nunca seguia o conselho. Fazer o bem é importante, mas não podemos ser baratas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s