Procuro um amor…

Eu procuro um amor, que ainda nao encontrei
Diferente de todos que amei,
Nos seus olhos quero descobrir
Uma razao para viver
E as feridas dessa vida eu quero esquecer

Pode ser que eu a encontre numa fila de cinema
Numa esquina ou numa mesa de bar

Procuro um amor, que seja bom pra mim
Vou procurar, eu vou ate o fim
E eu vou trata la bem, pra que ela nao tenha medo
Quando comecar a conhecer os meus segredos

Eu procuro um amor uma razao para viver
E as feridas dessa vida eu quero esquecer
Pode ser que eu gagueje sem saber o que falar
Mas eu disfarco e nao saio sem ela de la

Procuro um amor, que seja bom pra mim
Vou procurar, eu vou ate o fim
E eu vou trata la bem, pra que ela nao tenha medo
Quando comecar a conhecer os meus segredos

Procuro um amor que seja bom pra mim
Vou procurar eu vou ate o fim
Eu procuro um amor que seja bom pra mim
Vou procurar eu vou ate o fim

 

Não tenho nenhum motivo para eu ficar com essa música na mente. Não, não é verdade. Pensei nessa música enquanto cozinhava ontem. Troquei “procuro um amor que seja bom pra mim” por “procuro um amor que cozinhe pra mim”. Hehehe!!! Pois, eu não sou muito fã de cozinhar, apesar disso, eu amo comer. Vai entender! É bem verdade que às vezes quero cozinhar algo bom, mas fazer isso todo dia é um tédio para mim. Ademais, na maioria das vezes eu sou um desastre na cozinha. Tem receita que funciona, outras nem um pouco. Se eu fosse fazer um anúncio nos classificados no jornal seria: “Serviço de Lava-louças. Aceitamos refeições como pagamento“. Hahaha!!! 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s