Uma certa noite de quarta-feira:

Upload1_large

Fonte: http://weheartit.com/entry/23925928

O ditado popular é: A esperança é a última que morre. O que não significa que a mesma não pode ser perdida. Ultimamente, eu ando com menos esperanças do que eu costumava ter quando mais nova. Quando estava no ensino fundamental, eu sofri, por vários anos, bullying e mesmo assim, acreditava que no dia seguinte os meus colegas de classe me veriam como uma pessoa legal e não estranha ou qualquer coisa que eles pensassem de mim negativamente. E que aquele pesadelo iria terminar. Ou que uma pessoa muito legal seria uma amiga daquela que me acolheria neste sofrimento que passava por todos os dias e que me ajudasse a superar tudo aquilo. Fiquei esperando por este momento, era a minha esperança. Mas isso nunca ocorreu e ao invés disso, as minhas esperanças eram minadas dia após dia. E apesar disso tudo, ainda as mantinha. Depois que saí do calvário que era o fundamental, eu tinha esperança de que seria uma pessoa mais feliz com todas as coisas que desejava ou que criava a partir das conversas imaginadas no meu quarto ou em qualquer lugar da casa, ou dos meus pensamentos realizadas, que não estaria mais me sentindo sozinha ou que me tornasse definitivamente mais corajosa e determinada, mais guerreira. Entretanto, o que aconteceu foi que em muitos anos me senti sozinha, mesmo com muitas pessoas em volta e que nada do que esperava que ocorresse, tivesse realmente se concretizado. E por todas essas experiências e outras realidades, como conseguir um trabalho decente sem ter inglês, ou francês, ou espanhol fluentes, sem experiência de trabalho, sem algo para oferecer; que eu estou perdendo as esperanças. Mas, nada irá me tirar a esperança de ver minha mãe viva após a cirurgia. Aliás, isso é tudo que eu peço: minha mãe viva após a cirurgia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s